Itália Central: as melhores dicas de quando ir, onde ficar e o que ver na região de Florença

3 de setembro de 2019

O post de hoje está apaixonante. Afinal, falaremos sobre a região de Florença, um dos pedacinhos mais bonitos da Itália Central. Se você é apaixonado por arte renascentista, boa comida e cenários incríveis, não saia daí: o artigo de hoje é pra você!

A região de Florença, capital da Toscana, é uma das áreas mais fascinantes de toda Itália Central. Lar de dezenas de obras renascentistas, abriga uma porção de pontos turísticos magníficos, como a Catedral de Santa Maria del Fiore (Duomo), o museu de arte Galleria degli Uffizi e a Ponte Vecchio. Além disso, possui uma gastronomia riquíssima, ótimos mercados e diversas opções de hospedagem. Ficou com vontade de ir pra lá? Então continue a leitura. Separamos as melhores dicas de quando ir, onde ficar e o que ver nesse pedacinho maravilhoso da Toscana.

Como chegar

Anote aí: para chegar à região de Florença é só pegar um voo – geralmente com conexão – até o Aeroporto di Firenze. Partindo de São Paulo, a viagem tem duração de 15 a 20 horas (isso é, contando o tempo da escala).

Quando ir

Itália Central: saiba o que fazer na região da Florença

Outra coisa interessante de saber é o período: deixe para visitar a região de Florença entre os meses de abril e junho. Se só puder fazer a viagem durante as férias, saiba que julho e agosto são os meses mais quentes e secos, no entanto, são ideais se quiser contemplar os maravilhosos campos de girassóis da Toscana.

Onde se hospedar

Itália Central: saiba o que fazer na região da Florença

Na hora do descanso, o pulo do gato é ficar na região do centro histórico, que está pertinho das principais atrações turísticas da cidade. Lá você encontrará opções de hospedagem para todos os gostos e bolsos. É possível encontrar de pequenas instalações tradicionais e familiares, a luxuosos hotéis boutique.

O que e onde comer

E se bater aquela fome, fique tranquilo. Como falamos, Florença está recheada de opções deliciosas, excelentes para quem deseja provar a gastronomia toscana. A sexagenária Trattoria Sabatino, por exemplo, oferece o melhor da culinária fiorentina por um preço bastante amigo. A Trattoria da Mario, também, porém costuma ficar lotada de turistas. Por isso, se quiser comer como um local e frequentar um restaurante menos turístico, opte pelas tattorias Sergio Gozzi, La Casalinga ou Sostanza. São locais simples mas que servem bons clássicos toscanos.

Lugares imperdíveis

Itália Central: saiba o que fazer na região da Florença

Sobre os passeios: se tiver apenas dois dias na cidade, reserve o primeiro dia para conhecer o Duomo, a Accademia e a Ponte Vecchio. No segundo, acorde bem cedo para visitar a Galleria degli Uffizi. Passe o resto da tarde no Bargello, no Palazzo Pitti ou na Basílica de San Lorenzo.

Contudo, se a sua estada na região de Florença for mais longa, não deixe de fazer um walk tour bem humorado e divertido pelas ruas da cidade. Arrume um tempinho também para ver a réplica de Davi na Piazzale Michelangelo, e de visitar a Piazza della Repubblica. Ah! Separe algumas horas para fazer compras no Mercato di San Lorenzo, no Mercato Centrale e no Mercato di Sant’Ambrogio. Já no Mercato del Porcellino, a dica é passar a mão no focinho do javali de bronze que fica na entrada. Os locais dizem que dá sorte. Não custa tentar, né?

Curtiu? Então dê uma olhada nas ofertas da Sub, arrume já as malas e un buon viaggio! Esse destino fascinante e imperdível da maravilhosa Itália Central espera por você!

Roma

  • Ida e volta

  • Saindo de SP

  • 7 diárias

a partir de

R$

2.536

Ver disponibilidade

Parcele em até 10x sem juros

* Tarifa sujeita a alteração