Coreia do Sul: um guia de viagem

12 de agosto de 2021

O sucesso dos grupos de K-pop, como BTS, Blackpink, Exo, entre outros, além das divertidas novelas coreanas, conhecidas como doramas, colocaram a Coreia do Sul no radar dos brasileiros. 

Se você é uma dessas pessoas interessadas em conhecer mais desse país cheio de surpresas, venha com a gente e acompanhe este guia completo de viagem para a Coreia do Sul.

É preciso tirar visto?

seul-coreia-do-sul

Para visitar a Coreia do Sul, não é necessário visto, e você pode ficar até três meses por lá. Turistas brasileiros precisam apresentar a comprovação da vacina da febre amarela. Inclua no seu pacote um bom seguro-viagem, que, apesar de não ser obrigatório para entrar no país, vai te ajudar a não ficar na mão do outro lado do mundo. 

A moeda local é o won sul-coreano, e o ideal é levar dólares para fazer a troca nas casas de câmbio. Mesmo se você não souber falar coreano, dá para se virar bem, pois vários lugares têm placas em inglês.

Qual é a melhor época para visitar?

Entre os meses de abril e maio, é primavera e os hotéis estão com preços mais acessíveis. A alta temporada acontece nos meses de junho, julho e agosto, com atrações lotadas e temperaturas muito altas. De setembro a outubro ocorre o outono, quando o clima fica mais ameno e com menos turistas.

Onde ficar e o que fazer

Seul, capital da Coreia do Sul, é uma grande metrópole com diversos bairros legais para se hospedar.

Myeongdong fica na região central e é muito procurado para comer e fazer compras, com muitas lojas de departamentos, restaurantes e shoppings. É um dos melhores lugares para experimentar comida de rua. 

Você é fã dos produtos de skincare e das maquiagens coreanas? Esse é o lugar certo para fazer suas compras. Curte K-pop? Então, você precisa visitar a SMTOWN, uma loja pop-up com milhares de produtos dedicados aos idols. Você também pode aproveitar para conhecer a primeira igreja católica da Coreia do Sul, construída em estilo gótico. 

Para se hospedar em Myeongdong, faça sua reserva com bastante antecedência.

Se você for como estudante, o melhor lugar para ficar é Sinchon (Hongdae). A região, que fica próxima das mais prestigiadas universidades, tem valores mais acessíveis, hostels e bares frequentados por muitos jovens.

Está buscando uma hospedagem de luxo? Gangnam é o seu lugar. Com hotéis e resorts, a região mais nobre de Seul tem muitas lojas de grife e fica mais afastada do centro

Aproveite para incluir no seu passeio uma visita aos principais palácios de Seul: Gyeobokung e Changedeokung. São belíssimas construções que retratam o melhor da arquitetura tradicional coreana.

Para se locomover, você pode usar táxis ou o metrô, que tem uma das melhores coberturas do mundo.

O que comer?

Prepare-se para comidas apimentadas e temperos fortes. A culinária coreana é baseada em arroz, frango, peixe e noodles. Um dos pratos mais conhecidos da Coreia do Sul é o kimchi, uma conserva superapimentada com repolho e especiarias. 

Visite os tradicionais buffets de comida coreana e aproveite para provar o bibimbap, um arroz com vegetais, carne e ovo que também leva pimenta. 

Você também vai descobrir o churrasco coreano, que conta com várias carnes e até frutos do mar. Se você é daqueles que gosta de provar coisas diferentes, aproveite para experimentar polvos vivos e petiscos de bicho-da-seda.

Ficou com vontade de curtir essa trip? Aproveite as nossas ofertas para garantir tudo o que você precisa para viajar para a Coreia do Sul. Bora nessa trip?