Confira as melhores dicas para conhecer Campo Grande

11 de abril de 2021

A capital de Mato Grosso do Sul é um destino maravilhoso e surpreendente! É muito frequente apenas como ponto de partida entre os viajantes que vão para Bonito ou para o Pantanal, mas, se você dedicar um pouco mais da sua viagem a conhecer a capital sul-mato-grossense, conseguirá ver toda a riqueza cultural da Cidade Morena. Campo Grande possui muitas belezas e todo mundo que experimenta o clima receptivo e tranquilo da cidade se apaixona!

Para ajudar você a montar seu roteiro, preparamos este artigo com dicas de Campo Grande. Então, pega o papel e a caneta para não perder nada e bora nessa trip!

A cidade

Foi fundada por José Antônio de Paiva em 21 de junho de 1872. Na época, o local era completamente desabitado, mas a fazenda de José Antônio logo se tornou uma vila e foi crescendo até sua emancipação, em 26 de agosto de 1899.

Campo Grande é a capital do Mato Grosso do Sul e é a cidade mais populosa do estado, com cerca de 900 mil habitantes. Com clima de interior, ótima qualidade de vida e ar puro, é uma das capitais mais verdes do Brasil. Por isso, é comum ver animais como capivaras, tamanduás ou até mesmo jacarés em algum lago. A Cidade Morena é apaixonante.

Como chegar?

Localizada exatamente no centro do estado, a cidade conta com um aeroporto internacional a apenas 6 quilômetros. Além disso, nada impede você de alugar um carro e partir em uma road trip em direção a Campo Grande. O trajeto saindo de São Paulo é feito pela BR-374 e pela BR-267. Recomendamos alugar um carro aqui no Submarino Viagens para devolver em Campo Grande, assim, sua trip será bem mais cômoda.

Já que o local é ponto de partida para outros destinos, vamos contar como chegar em Bonito. Existem duas maneiras: uma é ir para Campo Grande e depois se deslocar mais ou menos 300 km, e a outra é voar direto para Bonito.

O que fazer em Campo Grande

Uma ótima maneira de conhecer Campo Grande é começar pelo centro. Partindo de lá, basta um trajeto de cerca de 2 horas para conhecer os principais pontos turísticos da região central.

É lá que você encontra a Casa do Artesão. Prédio histórico em pé desde a década de 20, é dedicado à exposição e venda de artesanatos feitos por artesãos locais. Vale super a pena passar para comprar aquela lembrancinha da capital, de Bonito ou até mesmo do Pantanal.

Se você quer apreciar um pouco mais da cultura e gastronomia sul-mato-grossense, ali do ladinho da Casa do Artesão recomendamos o Sesc Morada dos Baís. Antigo casarão construído no fim da década de 10, hoje em dia é Patrimônio Histórico e Cultural da cidade. Ele conta com uma programação bem variada, incluindo exposições de arte, cinema, oficinas e happy hour com música ao vivo. É claro que também não pode faltar uma visita ao Mercado Municipal, ideal para degustar os pratos mais tradicionais.

Pode-se dizer que o principal ponto turístico da cidade é o Parque das Nações Indígenas. Frequentado por milhares de pessoas diariamente, é um dos maiores do mundo e abriga uma quantidade imensa de vida animal. Impossível deixar esse rolê de fora do roteiro!

E aí, anotou todas as dicas? Agora que você já sabe quais são as melhores atrações na Capital dos Ipês, corre para o site do Submarino Viagens para aproveitar os menores preços na sua passagem!