Buenos Aires para cults: um guia alternativo

2 de janeiro de 2018

Buenos Aires é uma cidade que encanta pela sua história, pelos monumentos e paisagens maravilhosas. Mas há muitos lugares escondidos e pouco frequentados por turistas que valem a pena a visita. Separamos os melhores locais para você conhecer a cidade de uma forma diferente e que vai muito além do Obelisco e da Casa Rosada. Confira:

Pasaje Lanín, Barracas

A rua tornou-se um museu a céu aberto!

Você com certeza já ouviu falar sobre San Telmo, Palermo, Recoleta… mas já ouviu falar sobre Barracas? Pouco apontado nos guias turísticos, o bairro virou atração quando o pintor Marino Santa María coloriu as casas da rua com mosaicos. Ali você pode encontrar a casa do artista, que também serviu de ateliê, no número 33.

Por ser um local aberto ao público, você não paga nada para entrar. A rua fica próxima ao Caminito, em La Boca, e não tem acesso fácil de metro. A solução é ir de ônibus e para isso você pode pegar a linha 22A no centro da cidade e caminhar por 10 minutos até Pasaje Lanín por cerca de R$1,20.

Mercado de Las Pulgas, Colegiales

DefPuebloCABA_-_Mercado_de_las_Pulgas_(2)
Pense bem antes de comprar algum item grande e frágil, para não se preocupar com a bagagem de volta!

O bairro da Mafalda é ótimo para quem gosta de antiguidades. Também é possível reviver um pouco da história do país com os artefatos lá encontrados. Você pode encontrar coisas por um preço muito bom, ou extremamente caro, mas vale a pena barganhar caso você goste de um item.

O Mercado de Las Pulgas funciona de terça a domingo, das 10h às 19h e a estação de metrô mais próxima do local é a Dorrego, Linha B.

Speakeasy – Os bares secretos de Buenos Aires

Você já imaginou que um bar pode estar escondido atrás de uma fachada de floricultura, fechado por uma porta que parece ser uma geladeira? E que, para visitar um local, você precisa achar as senhas em redes sociais? A cidade esconde muitos lugares incríveis e secretos, onde cada um tem um jeito diferente para poder entrar. Essa é uma ótima dica pra quem quer conhecer bares que não seja frequentados por tantos turistas. Veja nossa seleção:

Frank’s

20293139_1378152348900726_4726444513322640282_n
Todo o mistério para entrar no Frank’s deixou o lugar bem famoso. Créditos: Divulgação Facebook

Para entrar nesse bar, é necessário ficar atento ao Facebook do estabelecimento, porque é lá que você vai conseguir as duas senhas. A última senha é numérica e precisa ser digitada em uma cabine telefônica, que abrirá uma parede que dá acesso ao Frank’s. O local é ótimo para apreciar bons drinks.

Endereço: Arévalo 1445, Palermo Hollywood

878

19390935_767038943456729_7006483242042636754_o
Um dos speakeasy mais famosos da cidade. Créditos: Divulgação Facebook

Ótimo para comer e com uma excelente carta de vinhos, esse bar é bastante tranquilo.  Como as músicas não são tão altas, o lugar acaba sendo perfeito caso você tenha esbarrado com alguém especial durante a viagem e queira marcar um date. A senha para entrar é dizer que você tem mais de 13 anos (bizarro, né?).

Endereço: Thames 878, Villa Crespo

Florería Atlántico

11140173_856040381128022_4065566290200126909_o
Quem diria que essa fachada encantadora esconde um bar em seu subsolo?

A fachada desse bar é a coisa mais linda: uma charmosa floricultura, com vinhos, livros e vinis a mostra! O local fica escondido atrás de uma geladeira, onde supostamente as flores estão guardadas. Com muita originalidade, o Florería oferece uma experiência única aos clientes. Vale a pena a visita!

Endereço: Arroyo 872, Retiro

PuertaUno

20293107_1705015356176770_6168274937772239266_n
O PuertaUno é um ótimo lugar para jantar. Créditos: Divulgação Facebook

Esse bar é pra quem gosta de lugares mais agitados. Camuflado com uma entrada bem feia, o PuertaUno esconde um lugar elegante. Lá você pode comer e beber bem, embalado pelo som de um DJ, que deixa o bar com uma identidade única.

Endereço: Juramento 1667, Bario Chino

Conhece algum outro speakeasy legal que não mencionamos? Sabe de algum outro lugar alternativo e imperdível em Buenos Aires? Então bora contar pra gente nos comentários!