Buenos Aires: dicas para economizar na sua trip para a capital argentina

15 de julho de 2019

Se você sonha em viajar para Buenos Aires, Argentina, mas tem medo de gastar uma fortuna, o artigo de hoje é leitura obrigatória. Nesse post, daremos dicas sobre como economizar na terra dos nossos hermanos. Vem que está imperdível! 

Passagem aérea

Você provavelmente já sabe mas não custa lembrar: a melhor maneira de economizar na passagem aérea para Buenos Aires é ter flexibilidade em relação às datas e horários. Aproveitar os meses de baixa temporada também é um bom jeito de conseguir passagens por um valor mais atraente. Portanto, considere viajar para a capital argentina entre fevereiro e junho, ou setembro e dezembro; para garantir passagens aéreas com desconto.

Belezas da Argentina

Hospedagem

Quanto ao hotel, nada de enrolação: reserve sua acomodação com antecedência. Além disso, outra dica legal para gastar menos é se hospedar no centro de Buenos Aires. A região pode não estar entre as mais bonitas, mas oferece um bom custo/benefício; além de estar próxima a algumas atrações turísticas.

Ah, e claro: se puder, reserve um hotel com café da manhã já incluso. Além de ser mais prático, isso também ajudará você a economizar no próximo item deste artigo: a alimentação.

Gastronomia de Buenos Aires

Buenos Aires

  • Ida e volta
  • Saindo de SP
  • 3 diárias

a partir de

R$

554

Ver disponibilidade

Parcele em até 5x sem juros

* Tarifa sujeita a alteração

 

Alimentação

Falando em alimentação, fique ligado: em Buenos Aires, alguns restaurantes costumam cobrar o “cubierto”, uma espécie de taxa de serviço de mesa. Essa taxa varia de lugar pra lugar, podendo custar entre 20 e 50 pesos. Portanto, antes mesmo de entrar no restaurante, é bom se informar se o estabelecimento cobra esse tipo de serviço – geralmente, a existência ou não da cobrança é informada em cartazes, ou até mesmo no próprio cardápio.

Se faz questão de conhecer um restaurante específico, deixe para fazer isso no almoço: nesse horário, os preços costumam ser bem mais atraentes.

Lugares na Argentina

Transporte

Quer se locomover em Buenos Aires de um jeito mais econômico? Há duas opções: a pé ou de transporte público. Para andar de ônibus ou metrô, há até um cartão recarregável: o Sube. Ele funciona como uma espécie de bilhete único. Falamos mais sobre ele nesse post aqui.

Transporte na Argentina

Passeios

Quanto aos passeios, há uma porção de opções gratuitas; como a free walking tour pelos bairros de Recoleta e centro. Em Buenos Aires, também é possível visitar museus sem pagar absolutamente nada – é só acessar o site de cada um deles, investigar que dias da semana o acesso às instalações não é cobrado, e surpresa: entrada free!

Sonha em assistir a uma apresentação de tango? Não tem problema. É possível economizar nesse programa também: no Centro Cultural Borges dá para assistir a shows fantásticos e com preços justíssimos; muito mais atraentes do que os dos restaurantes da região.

Onde se hospedar em Buenos Aires, Argentina

Compras

Na hora de comprar também tem opção para quem quer ser mais econômico: uma boa dica é fazer suas compras nos supermercados de Buenos Aires, como o Carrefour. Lá, você encontrará itens para abastecer o frigobar do hotel, alfajores, produtos de beleza e até vinhos por um preço bem atraente.

Câmbio e dinheiro

Antes de viajar é importante também acompanhar o câmbio, e descobrir que moeda compensa mais levar: dólar ou real. Uma dica esperta é só trocar seu dinheiro quando chegar a Buenos Aires. O Banco de la Nación da Argentina, e as casas de câmbio da Rua Sarmiento, continuam a ser as opções mais vantajosas.

Curtiu? Com essas dicas você, certamente, gastará bem menos na sua viagem para Buenos Aires. Agora é só reservar as datas, escolher um pacote e marcar sua trip! Bora viajar com a gente?