As melhores ofertas de viagens de Turismo Gay estão no Submarino Viagens!

 
     

    PREPARA-SE PARA AS FÉRIAS DOS SEUS SONHOS EM UM DOS

    Melhores Hotéis do Mundo

    Preços a incluir taxas e encargos

    vazio

    copacabana sol

    RIO DE JANEIRO
    1 DiáriaA PARTIR DER$ 388,00POR PESSOACONFIRA

    mar ipanema hotel

    RIO DE JANEIRO
    1 DiáriaA PARTIR DER$ 528,00POR PESSOACONFIRA
    vazio

    san raphael

    SÃO PAULO
    1 DiáriaA PARTIR DER$ 218,00POR PESSOACONFIRA

    excelsior

    SÃO PAULO
    1 DiáriaA PARTIR DER$ 306,00POR PESSOACONFIRA
    vazio

    hotel fertel etoile

    PARIS
    1 DiáriaA PARTIR DER$ 473,76POR PESSOACONFIRA

    mondial

    PARIS
    1 DiáriaA PARTIR DER$ 609,12POR PESSOACONFIRA
    vazio
    vazio

    ingleses praia

    FLORIANÓPOLIS
    1 DiáriaA PARTIR DER$ 336,00POR PESSOACONFIRA

    palace praia hotel

    FLORIANÓPOLIS
    1 DiáriaA PARTIR DER$ 316,00POR PESSOACONFIRA
    vazio

    marante plaza hotel

    RECIFE
    1 DiáriaA PARTIR DER$ 236,00POR PESSOACONFIRA

    hotel onda mar

    RECIFE
    1 DiáriaA PARTIR DER$ 160,00POR PESSOACONFIRA
    vazio

    monte pascoal praia hotel salvador

    SALVADOR
    1 DiáriaA PARTIR DER$ 274,00POR PESSOACONFIRA

    bahia othon palace

    SALVADOR
    1 DiáriaA PARTIR DER$ 226,00POR PESSOACONFIRA
    vazio

    tryp apolo (barcelona)

    BARCELONA
    1 DiáriaA PARTIR DER$ 503,84POR PESSOACONFIRA
    vazio

    springhill suites miami airport south *

    MIAMI
    1 DiáriaA PARTIR DER$ 627,44POR PESSOACONFIRA

    the mimosa miami beach *

    MIAMI
    1 DiáriaA PARTIR DER$ 600,16POR PESSOACONFIRA
     

    Roteiros Gays Friendly

    DICAS PARA SUA VIAGEM DE TURISMO GAY FICAR COMPLETA

    Muito luxo e diversão, os roteiros de viagens para o público GLBT são diferentes não porque a orientação sexual é diferente, mas porque os Gays, Lésbicas, Bissexuais e Transexuais, formam um dos grupos mais exigentes quando o assunto é viagem. Muitos destinos guardam em sua história marcas da luta contra a homofobia, enquanto destinos exóticos têm se especializado em oferecer tudo o que há de mais luxo e qualidade para os Gays. Se você integra as letras da sigla GLBT ou quer se divertir com esta galera agitada e de mente aberta, não deixe de curtir os destinos que o Submarino Viagens preparou para você!

     

    Destinos para casais Gays no Brasil

    CONFIRA OS DESTINOS NACIONAIS MAIS INDICADOS PARA SUA VIAGEM

    Hoje os gays de São Paulo agradecem pelas ruas e regiões tão prolífera para baladas e bares de público GLS como a Rua Augusta e a região de Frei Caneca. A cidade ainda recebe o maior evento gay do mundo, a Parada do Orgulho GLBT. A festa reúne pessoas de todo o mundo, que alegram a Avenida Paulista com muitas cores, brilho e alegria. Aqui a aceitação é a palavra de ordem!

    Além da metrópole paulistana, a capital catarinense também ganha a atenção dos gays que buscam uma vida noturna agitada. A The Week, que também existe na cidade paulista, faz sucesso em Floripa, e também no bairro da Lagoa, o Mix Café traz um ambiente mais tranquilo e ótimo para paquera. Se a proposta é desfrutar de um bom prato, o Bar do Vadinho oferece, além do trocadilho no nome, excelentes opções de pratos com a culinária local – muitos e muitos peixes e frutos do mar.

    O Rio de Janeiro não fica de fora em matéria de ‘gay-friendly-nightlife’. Pois é, a vida noturna carioca é bem simpatizante com o público gay, que encontra os melhores bares e clubes sem dúvida alguma na Rua Farme de Amoedo, considerada um dos melhores locais do mundo para a paquera. No ilustre, boêmio e efervescente bairro da Lapa, e também na Zona Sul ainda é possível encontrar alguns lugares adeptos da cultura gay. Agora, sem dúvida alguma, o local que mais faz sucesso entre o pessoal GLS do Rio é o famoso Posto 9, em Ipanema. Embora não haja um motivo específico, fato é que esta faixa da praia é historicamente adepta do público gay.

     

    Destinos Gay Friendly no Mundo

    CONFIRA OS DESTINOS INTERNACIONAIS MAIS INDICADOS PARA SUA VIAGEM

    Acredite se quiser, uma pesquisa feita a nível mundial pelo instituto Pew Research elegeu as Filipinas um dos vinte países mais ‘gay-friendly’ do mundo, junto com países como Espanha, França e Argentina. Uma luta constante pelos direitos LGBT levou o país a abrigar cada vez mais clubes, bares e outros estabelecimentos direcionados ao público gay, como saunas e até mesmo casas de sexo. A capital Manila mostra um ambiente cada vez mais vibrante, principalmente no que diz respeito à vida noturna dos famosos grupos GLS. Bangkok, capital da Tailândia, é também um destino bastante procurado, tanto que diversos veículos de mídia online e off-line oferecem “gay guides”, ou seja, guias com as melhores dicas da noite GLS. Alguns exemplos são os clubes DJ Station, com três andares, e Think Pink as BED Supperclub, considerado o primeiro destino LGBT da cidade, além das casas de sauna e massagem Adonis e Chakran, ambas com estilos de decoração únicos e incríveis. E por que não unir o útil ao agradável? A casa Babylon traz a música alegre que os gays procuram, oferece serviços de sauna e massagem, populares entre o público, e ainda possui um enorme complexo com academia, piscina, restaurante, cabines particulares e quartos de hotel.

    É na cidade de San Francisco onde está o maior símbolo gay dos Estados Unidos – e um dos maiores do mundo. No bairro The Castro, em São Francisco, você encontra absolutamente tudo relacionado ao mundo gay: lojas, bares, restaurantes, praças, cafés, teatros, cinemas, nomes de estabelecimentos, pessoas e até mesmo uma bandeira GLS hasteada no meio da rua. Foi lá que Harvey Milk fez sua campanha em pró dos direitos LGBT e criou a polêmica que mudou para sempre este cenário. Por lá vale visitar o GLBT History Museum, que conta muito da história de como a comunidade gay ascendeu na cidade. No primeiro domingo de outubro acontece a Castro Street Fair, um evento que reúne pessoas do país inteiro para expressar a cultura GLS através de artes visuais, artesanato, gastronomia, música e outras atividades. Ainda na Califórnia, Los Angeles é um ótimo destino gay-friendly, já que conta com uma vida noturna bem agitada e diversos cafés que podem ser visitados até mesmo de dia. Nova York é outra boa opção, com casas de spa, sauna e massagem por toda Manhattan. Restaurantes, clubes noturnos, cafés e bares não faltam.

    O “gay guide” da Europa conta com destinos de peso como Amsterdam, Barcelona, Paris e Berlim. Começando pela capital holandesa, é inegável aceitação das diferenças entre sua população e política. Por isso mesmo, espere uma bela noitada GLS na cidade dos canais e das bicicletas. A cidade da moda, Paris, é muito receptiva com o público gay, e bairros como Le Marais, Quartier Latin e Montmartre são famosos no mundo inteiro pelos bares, restaurantes, clubes noturnos e casas de massagem e sauna que abrigam.

    Em Madrid, a pedida é o bairro Chueca, que tem inclusive uma estação de metrô para facilitar o acesso. Outra opção é a Calle Atocha, na estação de mesmo nome, que é bastante recheada de bares e baladas, com algo como cinco estabelecimentos por quarteirão. Tem para todos os públicos, inclusive o LGBT. Barcelona tem não só uma vida noturna inigualavelmente agitada, como locais altamente frequentados pelos gays de dia. A famosa La Rambla, rua que corta a cidade ligando a Plaza de Catalunya ao porto, tem, entre muitas atrações, um mercado bem colorido (tanto quanto a bandeira do movimento GLS) Fora isso, a arquitetura de Gaudí traz, na visão de muitos estudantes e teóricos, algumas referências à cultura gay.

    Berlim já foi palco de acontecimentos marcantes na história da humanidade e entre as marcadas deixadas pelos conflitos, a aceitação das diferenças é a maior. A cidade tem uma vida noturna única e muitas opções de diversão entre os “Biergartens” bares em jardins ou ambientes que simulam praias, com areia e espreguiçadeiras.

    Publicidade

    Publicidade