// Veja outros Produtos

Passagens para Rio Branco

Passagens para Rio Branco

// Passagens aéreas para Rio Branco

A incluir taxas e encargos
  • Origem

    Destino

    A partir de

 

A incluir taxas e encargos
  • Origem

    Destino

    A partir de

// Riqueza cultural e lazer ao ar livre são marcantes neste roteiro

Rio Branco, capital do Acre, segue o roteiro das cidades amazônicas. Nasceu na esteira da exploração dos recursos naturais e agregou grande quantidade de migrantes, vindos de diversas partes do Brasil. A cidade atrai turistas pela hospitalidade de seu povo e tem rico patrimônio histórico, marcado especialmente pela batalha chamada Revolução Acriana.

Pouco explorada pelos turistas, Rio Branco tem diversas opções de entretenimento, lazer e conhecimento, com diversas construções históricas e espaços de exploração cultural. Um exemplo destes é o Complexo Mercado Velho, que tem acesso através da Passarela dos Pedestres, construída sobre o rio Acre e um dos maiores patrimônios paisagísticos do Estado.

O local foi construído em 1920 e junto à Praça da Bandeira é ponto de encontro para pessoas de todas as idades, durante o pôr-do-sol e no início da noite, aslanchonetes, cafés, bares e quiosques de artesanatos ficam repletos de visitantes. Outros atrativos são o Palácio Rio Branco, o Memorial dos Autonomistas, a Catedral Nossa Senhora de Nazaré, a Biblioteca Pública e o Complexo Calçadão da Gameleira, marco que remete ao auge da exploração da borracha e da castanha.

// Vida noturna

Para quem gosta de festas e entretenimento noturno, Rio Branco oferece diversas opções e atrativos. Um passeio pela capital pode levá-lo ao Empório e o Paço, no Parque da Maternidade. Duas boas pedidas para descolar uma paquera e apreciar um bom ambiente é o Diesel Pub e a boate X43. Depois da curtição vale a pena dar uma passada no Mercado do Bosque, com cardápio que perpassa desde as opções tradicionais até os quitutes regionais.

A culinária e outros aspectos culturais da cidade são frutos da mistura de índios, nordestinos, negros e árabes, que ocupam o lugar desde seu início e desenvolveram profundo sentimento de identidade com o estado e sua capital. O local ainda sofre influência da tríplice fronteira entre Brasil, Peru e Bolívia, fator que também se tornou atrativo para os turistas.

// Passagens para Rio Branco

O transporte aéreo é a melhor opção para chegar ao estado do Acre. O Aeroporto Internacional Plácido, é perfeto para quem quer visitar outros destinos acreanos, como a cidade de Cruzeiro do Sul, próxima da fronteira com o Peru.

A compra de passagem aéreas para Rio Branco deve levar em consideração o clima. Como é natural no norte brasileiro, Rio Branco possui dois períodos marcantes: um de fortes chuvas e outro por sua ausência. Independente da época, entretanto, as temperaturas são sempre altas. O ideal é visitar Rio Branco entre os meses de abril a setembro, quando a estiagem favorece os passeios. Bom é curtir as atrações ao ar livre e consumir muito líquido, para aplacar o calor, além de abusar do filtro solar.

// Dicas

  • Fique ligado! Rio Branco tem fuso horário de duas horas a menos que Brasília, diferença que pode chegar a três horas, quando o Brasil adota o horário de verão. O maior período de claridade, no entanto, favorece os passeios e a exploração turística de Rio Branco.
  • Outro roteiro que vale a pena está em Xapuri, a 188 quilômetros de Rio Branco. A cidade mantém aberta para visitação a casa do líder Chico Mendes, que desempenhou importante papel na história do estado. Na capital também é possível visitar o parque que leva o nome do seringueiro e ativista ambiental, que detém grande área verde.