Planeje um pacote de viagem completo para Havana de um jeito fácil e prático!

 
     

    O que fazer em Havana

    DESCUBRA AS ATRAÇÕES IMPERDÍVEIS PARA SUA VIAGEM

    Resistente, a cidade de Havana vive em um passado relativamente distante, próximo da década de 1950. Isso é evidenciado pelos clássicos carros antigos que circulam pela capital cubana e pela arquitetura dos edifícios, que em sua maioria estão em uma situação decadente. Entretanto, caminhando contra a corrente, Havana é a representante do levantamento da moral do povo cubano, que tem muita coisa a comemorar.

    Além das calientes noites cubanas, alguns pontos turísticos são cruciais para que você não faça uma viagem perdida. Dentre eles, quatro símbolos devem compor o seu pacote de viagem para Havana: o elucidativo Museo de La Revolucíon, o Capitolio Nacional, Habana Vieja e o Museo del Ron.

     

    Atrações imperdíveis

    CONFIRA NOSSA SELEÇÃO COM AS MELHORES ATRAÇÕES DA CIDADE

    Em português, Cidade Velha, essa é toda uma região que também não pode ficar de fora do seu pacote para Havana. A relevância da área fez com que, em 1982, a Unesco a reconhecesse como Patrimônio Histórico da Humanidade. Isso se deve à elevada quantidade de construções históricas que a Habana Vieja possui. Podem ser citadas como exemplos algumas fortalezas de suma importância e que foram edificadas ainda durante o período colonial. São elas: La Cabaña, Castillo del Morro e San Salvador de La Punta. Além disso, quando você quiser visitar um grande museu ou O Grande Teatro de Havana, é para a Cidade Velha que você deve se deslocar.

    Sua visita à Havana não poderia terminar sem antes conhecer esse curioso museu, que é dedicado à bebida mais idolatrada pelo povo caribenho: o rum. Relativamente recente, o Museo del Ron foi inaugurado no ano 2000. Quem abriga o museu é um fantástico casarão histórico que data do século XVIII. Seu sucesso pode ser mensurado em números convincentes, uma vez que a quantidade de visitantes do museu já superou a casa de 1 milhão. Um dos fatores da imensa procura pelo museu é a exibição de toda a cadeia produtiva do rum. Ao fim da visita todos são convidados a degustar o autêntico rum cubano.

     

    Mais sugestões para todos os gostos

    ENCONTRE MAIS DICAS DE PONTOS TURÍSTICOS PARA DEIXAR SUA VIAGEM MAIS COMPLETA

    As vias de Cuba e, principalmente, de sua capital Havana falam por si só. Contudo, nada como conhecer a história com todo o grau de minúcia que lhe cabe. Para isso, basta adentrar o interior do Museo de La Revolucíon, uma espécie de emblema cubano. Estrategicamente localizado no palácio dominado pelo ditador anterior à revolução cubana Fulgêncio Batista, o edifício cultural relata, por meio de importantes documentos, todos os detalhes que envolvem a vinda de Fidel Castro e seu fiel escudeiro Che Guevara para Havana. Até o iate que transportou os revolucionários para Cuba está presente em uma das alas do museu.

    A semelhança com o Congresso dos Estados Unidos gera muitas e inevitáveis comparações. Porém, os responsáveis pelo desenho arquitetônico da obra, Eugênio Raynieri e Raúl Otero fazem questão de lembrar que a inspiração provém das clássicas cúpulas romanas. De qualquer forma, atualmente, o prédio é utilizado como sede da Academia Cubana de Ciências. Vale a inclusão no seu pacote Havana devido à magnificência do monumento e ao projeto paisagístico criado pelo francês Jean-Claude Nicolas Forestier.

    Publicidade

    Publicidade