Planeje uma viagem completa para a Dinamarca de um jeito fácil e prático!

 
     

    O que fazer na Dinamarca

    DESCUBRA AS ATRAÇÕES IMPERDÍVEIS PARA SUA VIAGEM

    A história da Dinamarca foi construída por navegadores vikings, e até os dias de hoje costuma estar à frente de seu tempo, fato que se exemplifica claramente em seu pioneirismo nas questões legais relacionadas a casamentos gays e aborto. Copenhague é a maior e mais importante cidade do país e parada obrigatória no seu pacote Dinamarca. O interior do país reserva aos turistas mais exploradores uma série de boas surpresas como lindos campos, belas lagoas e muitos, mas muitos cata-ventos aproveitando o recurso natural que existe em abundância nestas paragens.

    Para você que quer conhecer um pouco mais sobre as principais atrações que seu pacote para Dinamarca po-de te oferecer, fizemos esta seleção de dicas com o que cada região tem de melhor:

     

    Atrações imperdíveis

    CONFIRA NOSSA SELEÇÃO DAS MELHORES ATRAÇÕES DO PAÍS

    A fábula “A Pequena Sereia”, do aclamado dinamarquês Hans Christian Andersen, conta a história de um amor quase impossível de uma sereia e o príncipe que a salvara, vivida no Porto de Copenhagen. Assim é a capital dinamarquesa: além de ser o centro político, econômico e cultural do país, parece ter saído de um conto de fadas. Repleta de castelos, vikings, reis, rainhas, lagos e mares e casinhas muito coloridas. O Centro, construído no século XVII, ainda exibe o fosso do antigo forte. Na cidade, um sistema de canais do século XIX separa a cidade velha dos novos subúrbios.

    Um alto número de parques cria uma linda zona verde ao redor da cidade, começando no famoso Tivoli e englobando o Jardim Botânico, os jardins do Palácio de Rosenborg, e o Parque da Cidadela (ou Kastellet). Na cidade, é muito comum andar de bicicleta para circular entre os bairros. As principais atrações são a própria “Pequena Sereia”, localizada no lago do Parque da Cidadela, o Canal (Nyhavn), o Tivoli, o Museu Nacional, e a Academia Real de Belas Artes (Charlottenborg), além de outros prédios históricos, parques e museus.

    Århus (ou Aarhus) é a segunda maior cidade da Dinamarca, situada na região central. É um centro comercial de grande importância para o país, devido à sua indústria de óleos, margarinas, cimento e sua considerável produção têxtil. Por ser uma cidade universitária, conta com muitos jovens morando no local, o que acaba agitando a vida noturna, com bares, lanchonetes e restaurantes. O Vikingemuséet é um museu viking, que foi construído no lugar onde havia uma escavação arqueológica que encontrou muitas estruturas da viking, como objetos e esqueletos.

     

    Mais sugestões para todos os gostos

    ENCONTRE MAIS DICAS DE PONTOS TURÍSTICOS PARA DEIXAR SUA VIAGEM MAIS COMPLETA

    Para visitar o belo Museu de Arte Moderna, você fará uma agradável viagem de 25 minutos de trem. Este macro arquitetônico abriga exposições de artes (escultura, pintura, fotografia e vídeo), sala de cinema, teatro e um café muito gostoso, onde você poderá parar para descansar e fazer suas anotações de viagem calmamente.

    O Museu Karen Blixen fica numa cidade a 25 km de Copenhague, chamada Rungstedlum. Este museu funciona onde nasceu e morou boa parte da vida a escritora Karen Blixen. Seu túmulo encontra-se no enorme quintal e, dentro da casa, o viajante encontrará sua vida e obra retratadas. Só a título de curiosidade, esta história foi retratada no cinema no filme “Entre dois amores”, de 1985.

    Seu pacote de viagem para Dinamarca ficará completo com esta visita à residência da família Real. São quatro mansões em estilo rococó. A troca de guarda é sempre uma atração à parte, e ocorre sempre ao meio dia. Você não conhecerá o complexo por inteiro, mas o que verá certamente será o suficiente para entender a magnitude da família real dinamarquesa.

    Publicidade

    Publicidade