Planeje um pacote de viagem completo para Campina Grande de um jeito fácil e prático!

 
     

    O que fazer em Campina Grande

    DESCUBRA AS ATRAÇÕES IMPERDÍVEIS PARA SUA VIAGEM

    Campina Grande recebe mais turistas durante junho, na época junina, pois a cidade é conhecida como ""a capital do forró"" e fica repleta de bandeirinhas e balões enfeitando suas ruas. As atrações duram o mês inteiro com diversos shows, quadrilhas e comidas típicas. Mas há mais o que se descobrir na cidade e adicionar no pacote Campina Grande.

    Além dos clássicos shows e do Trem do Forró, a região possui sítio arqueológico e museus que garantem o entretenimento dos turistas. O Micarande também se destaca por ser um carnaval fora de época muito animado, mesmo sem ter a fama do São João. Confira algumas dicas sobre os melhores lugares para incluir em seu pacote de viagem para Campina Grande.

     

    Atrações imperdíveis

    CONFIRA NOSSA SELEÇÃO COM AS MELHORES ATRAÇÕES DA CIDADE

    O Museu do Telégrafo, como a maioria dos museus da cidade, conta com um pequeno acervo de diversos objetos antigos. A sua arquitetura segue o estilo art nouveau de um edifício de 1812, local que já deu espaço a uma cadeira da cidade. Atualmente, conta com um bom acervo de objetos históricos com manuscritos, documentos, fotografias e muito mais, tudo da época de funcionamento da primeira agência de telégrafos de Campina Grande.

    A Feira Central é conhecida por oferecer produtos regionais, como alimentos típicos e artesanato, além de produtos populares. Ela é uma das maiores feiras de todo o Nordeste e os seus arredores foram onde a cidade começou a crescer por causa do transporte de algodão. Além de ser uma ótima oportunidade de provar e comprar produtos locais, é uma boa atração para conhecer mais sobre os primórdios da cidade.

    A Rua Maciel Pinheiro é um dos principais pontos turísticos da cidade, principalmente por causa do grande número de construções em art déco. Toda a fiação do local é subterrânea para que toda a beleza das construções não seja ofuscada. Grande parte dessas coloridas casinhas começaram a ser construídas na década de 30 e atualmente são exemplo claro de arquitetura em art déco com um toque sertanejo.

     

    Mais sugestões para todos os gostos

    ENCONTRE MAIS DICAS DE PONTOS TURÍSTICOS PARA DEIXAR SUA VIAGEM MAIS COMPLETA

    A Pedra do Ingá foi tombada como patrimônio nacional já em 1944, tendo sido o primeiro do país. A Pedra do Ingá também é conhecida como Itaquatiara, que significa "pedras pintadas" em tupi. A característica do local são as artes esculpidas em baixo relevo, o que cria um efeito incrível, e não como pintura. A arte documenta toda a evolução e acontecimentos importantes de homens pré-históricos que viviam no local.

    A Estátua Pioneiros da Borborema foi inaugurada em 1964 e é formado por três personagens que reinterpretam acontecidos importantes da cidade, com uma homenagem à mulher, menção ao crescimento industrial e a origem da cidade por meio dos índios. Uma das atrações mais imperdíveis da natureza é o pôr do sol. Além disso, a iluminação noturna dá uma nova vida ao monumento.

    O Parque do Povo é conhecido por abrigar as festas de São João por 30 dias seguidos todos os anos. A praça conta com uma área de 42 mil metros quadrados e foi construída em 1986, abrigando até hoje a grandiosa festa junina local. Mesmo em outras épocas, vale visitar o parque e adicionar o programa no pacote para Campina Grande.

    Publicidade

    Publicidade