Planeje um pacote de viagem completo para Belém de um jeito fácil e prático!

 
     

    O que fazer em Belém

    DESCUBRA AS ATRAÇÕES IMPERDÍVEIS PARA SUA VIAGEM

    Belém, a capital do Estado do Pará, no norte brasileiro, é uma cidade que mistura um pouco da vida indígena com o que há de mais típico entre as grandes capitais. Belém recebeu ao longo de sua história muitos trabalhadores de outros estados e também de outros países que tinham interesse em seus rios, suas frutas e outros itens que serviam para exportação. O resultado é uma cidade deliciosa e cheia de encantos peculiares.

     

    Atrações imperdíveis

    CONFIRA NOSSA SELEÇÃO COM AS MELHORES ATRAÇÕES DA CIDADE

    Não existe pacote para Belém sem o Ver o Peso, que fica às margens da baia do Guajara, na Cidade Velha, no área do igarapé Piri. Lá encontra-se a mais antiga feira livre do Brasil, formada pelo portugueses em 1901, com a finalidade de abastecer a cidade com produtos vindos de do interior do Pará, por via fluvial, provavelmente aproveitando a rica malha fluvial que corta a região. A razão desse nome é que naquela época o objetivo foi de instalar um posto de fiscalização e tributos dos gêneros trazidos para a sede da capitania de Belém que recebeu a denominação de "Casa de Haver o Peso". Ao final de 1839 a dita repartição foi extinta e o local passou a ser destinado a vender peixe fresco.

    Não há expressão popular mais característica no Pará, como não há pacote de viagem para Belém que não inclua o evento mais popular da região: o Círio de Nazaré. Na realidade esse evento já há algum tempo ultrapassou os limites municipais, estaduais e até os nacionais. Uma semana antes do Círio, o aeroporto de Val-de-Cans, Belém-PA, registra movimentação máxima, quer seja na ala internacional, quer seja na ala nacional. Para os quatro dias que antecedem o segundo domingo de outubro, os hotéis registram lotação plena. É uma procissão que percorre 3.6km, nas ruas de Belém, mas com maciça aglomeração. Neste caso, aglomeração não é força de expressão, pois nesse trajeto, as autoridades dizem registrar algo em torno de três milhões de fiéis, unidos e reunidos na não menos famosa Corda do Círio, onde os fiéis passam segurando a corda ao longo de todo o trajeto. Impressionante.

     

    Mais sugestões para todos os gostos

    ENCONTRE MAIS DICAS DE PONTOS TURÍSTICOS PARA DEIXAR SUA VIAGEM MAIS COMPLETA

    O Forte do Castelo do Senhor Santo Cristo do Presépio de Belém, ou simplesmente Forte do Presépio, foi edificado em 1616 com a finalidade de controlar a boca do Rio Amazonas e defender o núcleo do povoado de nossa senhora de Belém. O Forte localiza-se na baia do Guajara, na ponta do Maúri, à margem direita do rio Guamá, dominando a entrada da então Ilha das Onças, atual Belém. Durante a revolta da Cabanagem (1835/1840) o forte se tornou alojamento militar, tendo passado por varias reformas e recuperações para fazer frente aos danos sofridos. Em 1962 foi tombado pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional e na década de oitenta conhece forte restauração e recuperação patrocinada pelo IPHAN, se tornando num dos principais pontos turísticos da Belém atual.

    Localizado em um belo parque, sempre faz parte de um pacote para Belém. Estão ali as principais características naturais de Belém, ou seja, a sua flora através de aves cuidadosamente selecionadas, as matas sob dois ângulos de visão, a mata de terra firme e a mata de várzea, e finalmente os campos, tudo isso minuciosamente estudado e reproduzido em aproximadamente 40.0000 metros quadrados. Logo na entrada encontra-se uma oficina mecânica adaptada em um galpão multi-uso, onde são vendidos CDs do cancioneiro local, artesanato, plantas da região ou apenas parar para degustar o nacional cafezinho ou o regionalíssimo açaí.

    Publicidade

    Publicidade