Confira nosso guia de viagem para a Chapada Diamantina e conheça todos os encantos da cidade!

 
     

    AS MAIS EXCLUSIVAS OFERTAS PARA SUA

    Viagem para a Chapada Diamantina

    PREÇOS A INCLUIR TAXAS E ENCARGOS

    Encontre e reserve hotéis, passagens ou pacotes para a Chapada Diamantina com saídas das mais diversas cidades do Brasil e garanta o melhor preço para sua viagem.

    CONFIRA AS MELHORES OFERTAS DE

    Passagens para a Chapada Diamantina

    vazio
     

    ENCONTRE A MELHOR HOSPEDAGEM COM NOSSA LISTA DE

    Hotéis & Resorts na Chapada Diamantina

    vazio

    hotel portal de lençois

    LENÇÓIS
    1 DiáriaA PARTIR DER$ 284,00POR PESSOACONFIRA

    luck adventure

    LENÇÓIS
    1 DiáriaA PARTIR DER$ 246,00POR PESSOACONFIRA

    hotel de lençóis

    LENÇÓIS
    1 DiáriaA PARTIR DER$ 390,00POR PESSOACONFIRA
     

    Guia de viagem para a Chapada Diamantina

    MUITAS INFORMAÇÕES PARA VOCÊ PLANEJAR SUA VIAGEM PARA A CHAPADA DIAMANTINA

    A Chapada Diamantina é um lugar mágico, que apresenta uma beleza e energia incomparáveis. O lugar está bem no centro do Estado da Bahia e dista pouco mais de 400 km da capital Salvador. Fazem parte da Chapada, 57 municípios, tornando-se a maior chapada do mundo. Para quem não conhece, chapada tem esse nome porque se trata de uma formação de relevo que já foi uma motanha, mas que a ação do tempo “cortou” em chapas. O clima apresenta temperaturas que oscilam bastante e, na região, é possível ter um frio serrano, principalmente na madrugada e dias de calor, estimulante para diversas atividades.

    O turismo em Chapada Diamantina é a principal atividade da região. É possível visitar cavernas, grutas, cachoeiras, grutas serras e uma infinidade de trilhas, com diferentes níveis de dificuldades e indicadas para pessoas diferentes. Rapel, montanhismo, rafting, tirolesa são alguns dos esportes praticados na Chapada, muitos deles são guiados por profissionais capacitados, o que torna a aventura segura.

     

    Atrações imperdíveis

    CONFIRA NOSSA SELEÇÃO DAS MELHORES ATRAÇÕES DA CHAPADA DIAMANTINA

    Este é um pequeno artigo elaborado para quem quer saber um pouco mais sobre Chapada Diamantina, principalmente sobre boas opções de hospedagem e o que fazer.

    Lençóis, a porta de entrada para a Chapada Diamantina

    Uma das cidades mais visitadas por quem deseja conhecer a Chapada, Lençóis é uma cidade muito simpática, com ruas cheias de paralelepípedos e casas do tempo colonial. O centro histórico possui ótimos restaurantes e agências que oferecem programas e guias para os diferentes passeios da Chapada. As ruas com paralelepípedos também dão um charme todo especial a cidadezinha. Há também um centro ao turista que oferece informações sobre como chegar aos principais pontos, como a cachoeira da Fumaça, maior do Brasil com 380 metros de altura e o morro do Inácio, com 1.200 metros de altitude, que proporciona uma visão incrível do lugar.

    Quais lugares não podem ficar de fora

    A pouco mais de 70 km de Lençóis está o Vale do Capão, no distrito de Palmeiras. Trata-se de uma comunidade alternativa que fica próxima ao Parque Nacional da Chapada Diamantina. E só para lembrar, o parque não pode ficar de fora do roteiro. Possui mais de 1.500 quilômetros quadrados e abrange seis cidades da Bahia, cada uma com diferentes surpresas como cânions, serras e platôs imperdíveis. Uma viagem só, é pouco para explorar as belezas do lugar.

    O Pico do Barbado, com mais de 2 mil metros de altura também é um atrativo bem interessante. Juntamente com o Pico das Almas, com 1.983 metros de altura, o Pico do Barbado é um dos mais altos do Nordeste.

    Separe mais tempo para explorar a Chapada

    Como a extensão da Chapada é extraordinária, conhecê-la é uma tarefa que leva tempo, o ideal é conhecer um pouco de cada cidade e dos atrativos naturais. A culinária é rica e traz os principais aspectos da comida baiana do interior, com muita farinha nos pratos e o que a região oferece.

    A melhor época para uma viagem é na baixa temporada quando os preços estão mais em conta. O ideal é depois do período de chuvas, quando é possível frequentar cachoeiras e outros pontos sem se preocupar.

    Publicidade

    Publicidade